Todos nós temos áreas em nossa residência que, de uma hora para outra, atraem a confusão. O sótão, o almoxarifado e o gabinete são os locais mais difíceis de se organizar e os locais em que costuma-se depositar as mais diversas coisas da casa. Até os indivíduos mais organizados lutam para deixar estas áreas da casa ajeitadas. Entretanto, com determinadas sugestões nada complexas de organização, você pode minimizar a desordem e controlar a bagunça na casa.

Aproveite o que for possível o espaço do sótão

Um sótão pode ser uma das maiores áreas de armazenagem na casa de uma pessoa. Ainda pode ser uma das áreas mais desarrumadas. As caixas lotadas de utensílios diversos, os objetos que somente são utilizados ao longo das viagens e as pilhagens de coisas que não são utilizadas no dia-a-dia podem ampliar rapidamente. A boa novidade é que organizar um sótão não é tão difícil como você tem ideia. Atenda estas fases fáceis a fim de que tudo aquilo que você precisa encontre-se disponível e fácil de localizar. KEYWORD

Examine a confusão

À medida que você categoriza suas coisas, selecione que objetos você conservará, doar ou jogar na lixeira.

Mantenha os itens juntos

Roupas sazonais, adornamentos de férias e boletos bancários têm que ter um caixote próprio, separada e nunca devem ficar misturados.

Rotule as caixas

Para qualquer coisa que esteja em um caixote, etiquete de maneira regular. Deste modo, quando você ter necessidade de um certo utensílio, não terá que pesquisar todas os caixotes.

Cogite colocar suportes

Os suportes de metal são de fácil acesso e permitirão que você retire suas coisas do solo.

Arrume a baderna do porão

Para vários, ter um porão é uma dádiva. Para outros, é um inferno. À medida que os porões oferecem muito espaço de armazenagem complementar, eles podem se tornar um estoque para todas as coisas que você jamais é capaz de arranjar. Se o seu porão está cheio, use essas sugestões de organização com o intuito de eliminar a confusão: KEYWORD

Realize um catálogo e examine o valor dos objetos

Decidir o que você tem necessidade e não necessita pode parecer difícil, porém se você não utilizou os itens no ano passado, jogue fora. Liberte-se de coisas extras: após ter decidido o que jogar fora, pense em doar objetos usados para familiares, colegas ou ONG’s.

Agrupe os objetos por caixotes

Para todos os utensílios que você resolveu conservar, faça uma especificação por caixas.

Classifique tudo

As etiquetas permitem que você compreenda adequadamente o que está em cada caixa ou mala bem rápido sem ter que ficar procurando.
Acrescentar espaço de armazenamento: nichos e prateleiras são alternativas de armazenamento maleáveis que possibilitam usar espaços das paredes.

Evite bagunça no escritório

Ter um escritório desordenado em sua moradia é capaz de realmente tirar sua tolerância, em especial se você está tentando gerir um negócio ou unicamente pagar as contas. Ainda que seja fácil ignorar este cômodo comparando-se com outras áreas de sua residência, organizar seu escritório é primordial para aprimorar sua produtividade. Liberte-se da baderna que tira seu foco utilizando essas sugestões de organização. KEYWORD

Asseie sua área de trabalho

Tire todos os papéis, canetas, livros e qualquer outra coisa esparramada sobre sua mesa. Caso você não precise mais destes documentos, jogue tudo na lixeira ou queime os papéis.

Crie um sistema de arquivamento

Uma das maneiras mais fáceis de livrar-se da desordem de papel é instaurar um sistema de arquivamento para armazenar documentos relevantes. Categorize cada pasta ou arquivo segundo suas necessidades (ou seja, contas, médico, correio de saída, entre outros. ).

Gerencie os cabos de computador

Os cabos ficam emaranhados, acumulam poeira e são visualmente feios. Você é capaz de alojar tudo isso juntando seus cabos com calhas de cabo, colando-os debaixo de sua mesa com tiras adesivas ou investindo em um teclado e mouse sem fio.

Armazene itens fora das vistas

Quanto mais coisas você vê, mais desordenado o cômodo parece encontrar-se. Uma solução simples é armazenar todos os materiais de escritório em cestas, caixotes, gavetas ou qualquer outra unidade de armazenamento que você possua.

Você higieniza sua cozinha de maneira bem regular, mas há, indubitavelmente, algumas partes que você nenhuma vez passou nem ao menos uma toalhinha. Seja porque você nunca pensou nela ou, unicamente, por realmente achar que não carecem de limpeza. De fato, há um tanto de objetos na sua cozinha que você nunca limpou, porém que definitivamente teria que passar a ter mais atenção com elas. Reúna seus suprimentos de limpeza, a partir de agora você irá conhecer todos os cantos da sua cozinha que, possivelmente, precisam de uma boa porção de água ou de uma limpada.

Recipiente de café

limpeza-cozinha Você faz café sempre de manhã e higieniza as taças e a jarra, contudo com que frequência você limpa por dentro dela, onde você põe o pó, ainda conhecido como o reservatório de café? Em concordância com análises, os recipientes de café são capazes de ter ainda mais germes em relação ao seu assento no vaso sanitário! Afirmativo, você leu isto direito.
Utilize vinagre branco para limpar o interior da cafeteira e deixá-lo livre da sujeira.

Sacolas de mercearia reaproveitáveis

Carregar seus específicos sacos de mercearia para a loja é excelente para o meio ambiente e mais fundamentável a longo prazo, mas você de fato precisa limpá-los às vezes. Você pode ter convicção de que eles acham-se limpos jogando-os regularmente na máquina de lavar roupa, somente se certifique de selecionar as configurações adequadas da máquina de lavar baseado no tecido da sua bolsa renovável. Logo após, certifique-se de secá-los totalmente antes de utilizar de novo.

Abridores de lata

Erga a mão se você já lavou um abridor de lata. A maior parte dos indivíduos não, contudo todos deveriam. Bolor, leveduras, E. coli e Salmonela foram encontradas em abridores de lata que não foram constantemente higienizados, o que seria capaz de causar sérios problemas de saúde, principalmente para aqueles que estão em um risco maior, como crianças, idosos e indivíduos com sistemas imunológicos implicados. Caso o seu abridor de latas é seguro para a lava-louças, você encontra-se com sorte já que lavar é, visivelmente, muito fácil. Se, por acaso, o seu não é, em contrapartida, lave-o com água quente e com sabonete.

Lixeira

Sua lixeira carece ser esterilizada, com toda certeza. Caso você perceber que o exterior ficou ligeiramente imundo, o interior provavelmente também está. Sacolas perfumadas são capazes de auxiliar a esconder todo tipo de odor que seja capaz de estar vindo dos restos de comida ou embalagens descartadas lá também. Entretanto esfregar com água quente e com sabão, bicarbonato de sódio (novamente ao cheiro) ou outros itens de higiene é o que irá de fato ajudar a higienizar a lixeira.

Interior da máquina de lavar louça

limpeza-cozinha Esse lugar, outra vez, é meio improvável, porém a comida, o óleo e outras coisas que caem dos objetos higienizados podem manter-se presas pela lava-louças, diminuindo sua velocidade. Segundo as empresas, o primeiro passo para lavar esse aparelho é remover o filtro e limpá-lo em particular antes de limpar e purificar a própria lava-louças. Tudo que você precisa é um tanto de vinagre, bicarbonato de sódio e um ciclo d’água quente.

Juntas de liquidificador

Esse nanico arco de borracha em volta do fundo do seu liquidificador é nomeado como junta e é o que impossibilita que todo o líquido possa ser derramado. Estudiosos afirmaram que os liquidificadores eram o terceiro objeto mais cheio de micróbios em uma residência. Salmonella, E. coli, fermento e mofo foram percebidos em junções de liquidificador, tudo o que seria capaz de deixar você com alguma enfermidade. Testifique-se de desmontar e limpar atentamente o liquidificador com água bastante quente (e sabonete) toda vez que usá-lo a fim de que ele fique higienizado e você e seus familiares se preservem sadios.

Os botões e alças de sua cozinha

Cada botão e alça na sua cozinha, do gabinete puxa para os botões do fogão e tudo no meio, requer ser esterilizado regularmente. Imagine em quantos indivíduos tocam essas coisas com mãos imundas quase a cada dia. Estudos apontam que os botões de fogão entraram no número 9 na listagem dos 10 itens mais sujos de uma moradia. Ainda por cima, uma análise em 2014 publicado na revista “Food Control” apurou que os botões e alças tinham uma das concentrações mais altas de germes, o que tem a possibilidade de deixar sua família muito doente. Higienizá-los regularmente com vinagre, uma mistura de alvejador diluída ou outro item anti-séptico é capaz de auxiliar a minimizar a quantia de agentes patogênicos potencialmente graves.

Gavetas de geladeira

Higienizar o que entornou ou vazou nas gavetas do seu refrigerador é super importante, porém mesmo que sua comida nunca derrame ou escorra, as gavetas também precisam ser limpas habitualmente. Cientistas das áreas de saúde já acharam E. coli, salmonela, listeria monocytogenes e outros no interior dos repartimentos do refrigerador. Esses contaminantes podem ocasionar sérias doenças transmitidas pela comida, portanto, mantenha isto em mente na próxima ocasião que você encontrar-se limpando sua cozinha.

Esponja de cozinha

É real, você precisa limpar regularmente (e mudar e descartar) o item que você usa para higienizar todo o excesso. Você pode limpar sua bucha de cozinha ensopando-a em uma solução diluída de água sanitária, colocando-a na lava-louças ou no microondas. A máquina de lavar louça e o aparelho de microondas funcionam porque a temperatura quente extermina qualquer micróbio persistente. Como constatou o excelente arrumador, certifique-se de que a esponja esteja imersa em água antes de colocá-la no aparelho de microondas, caso contrário, ela pode pegar fogo, o que matará os germes, todavia terminantemente não é o que você almeja. Caso você utilizar um tecido, jogue-o regularmente na na lava-roupas para mantê-lo limpo.